Artistas do Laboratório de Música da Porto Iracema das Artes apresentam produções nas Rotas de Criação

Compartilhe nas redes

As atividades, gratuitas e abertas ao público, ocorrem nos dias 26 e 27 de abril, às 19h, na Porto Iracema

Artistas do Laboratório de Música da Escola Porto Iracema das Artes — instituição da Secretaria da Cultura do Ceará (Secult) gerida pelo Instituto Dragão do Mar (IDM), apresentam, nos dias 26 e 27 de abril, o desenvolvimento de seus projetos. Este momento de partilha pública recebe o nome de Rotas de Criação, e é gratuito e aberto ao público. As atividades ocorrem na Sala de Música e a entrada é por ordem de chegada. O espaço fica sujeito a lotação.

Quatro projetos participam desta edição do Rotas de Criação. Dois deles, o “Caiô e Outragalera – Um salve à música negra cearense”, formado por Caiô, Thais Pinheiro, Agno César e Rami Freitas e o “Música Periférica Brasileira”, composto por Carú Lima, Thais Costa, DJ Janas e João Pompeu, se apresentam na terça-feira.

Já o projeto “Mulher de 60”, das artistas Adna Oliveira, Ayla Lemos e Roberta Kaya se apresenta na quarta-feira, dividindo o espaço com o projeto “O Cheiro do Queijo – Circo Rap”, formado por Igor Cândido (Abu da Pereba), David Cruz (Bito Beat) e Maria Angélica. O cantor e compositor Russo Passapusso, tutor do projeto “O Cheiro do Queijo”, participa deste momento do Rotas de Criação.

Mona Gadelha, coordenadora do Laboratório de Música da Porto Iracema das Artes, ressalta a importância das Rotas de Criação no percurso formativo dos artistas durante o desenvolvimento dos projetos. “Ao longo dessas nove edições do Lab Música, acompanhamos com muito entusiasmo o percurso de cada projeto artístico, e isso significa presenciar transformações, crescimento, aprendizado. Por isso, o momento das Rotas de Criação é singular, é uma oportunidade para ouvir os(as) próprios(as) artistas discorrerem sobre seus processos e duas descobertas”, diz.

A cantora, compositora e atriz Adna Oliveira, participante do projeto “Mulher de 60″, trará ao Rotas de Criação uma mostra de potencialidades das mulheres na cena artística cearense. Nomeado ‘Mulher de 60 – Convida”, a atividade visa promover uma “conscientização por meio da arte”, que reúna mulheres de diversas idades fomentando uma troca cultural e geracional. Ela resume que a proposta busca “provocar conscientização por meio da arte, entre as diversas gerações, alimentadas por um desejo de realizar uma utopia que sempre me persegue, ou eu a ela. De um mundo igualitário, sem preconceito de qualquer espécie. Onde o amor (não o romantizado, como palavra desgastada), seja fonte de total respeito e união entre todo ser vivente”, conclui.

Sobre a Escola

A Porto Iracema das Artes é a escola de formação e criação em artes do Governo do Estado do Ceará, ligada à Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, sob gestão do Instituto Dragão do Mar (IDM). Criada em 29 de agosto de 2013, há oito anos desenvolve processos formativos nas áreas de Música, Dança, Artes Visuais, Cinema e Teatro, com a oferta de Cursos Básicos e Técnicos, além de Laboratórios de Criação. Todas as ações oferecidas são gratuitas.

SERVIÇO

O quê: Rotas de Criação do Laboratório de Música
Quando: 26 de abril, terça-feira – apresentação dos projetos Caiô&Outragalera – Um Salve à Música Negra Cearense, formado por Caiô, Thais Pinheiro, Agno Cesar e Ramí Freitas; e Música Periférica Brasileira – Carú Lina, Thais Costa, DJ Janas e João Pompeu.
27 de abril, quarta-feira – apresentação dos projetos Mulher de 60 – Convida – Adna Oliveira, Ayla Lemos e Roberta Kaya; e O Cheiro do Queijo – Circo Rap, formado por Igor Cândido (Abu da Pereba), David Cruz (Bito Beat) e Maria Angélica.
Onde: Pátio da Escola Porto Iracema das Artes (Rua Dragão do Mar, 160 – Praia de Iracema)
Gratuito e aberto ao público

Compartilhe nas redes

Deixar uma resposta