Destaque em “Bacurau”, Rodger Rogério regrava músicas do LP “Chão Sagrado”, lançado por ele e Téti em 1975.

Compartilhe nas redes

Rodger Rogério e Téti, mestres da geração de músicos que saiu de Fortaleza para buscar espaço na indústria do disco no começo dos anos 70 e viria se tornar conhecida por “Pessoal do Ceará”, estão tendo seu LP “Chão Sagrado”, 1975, revisitado em um projeto de memória, incluindo lives-debate e novas gravações de músicas do álbum.

“Chão Sagrado Revivido” é o nome do projeto, fomentado com recursos da Lei 14.107 Aldir Blanc, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor). O projeto produziu um especial audiovisual e quatro lives sobre o disco. Todo o material está disponível no YouTube Radiadora Cultural, incluindo novas gravações das canções em estúdio, com registro audiovisual, por Rodger Rogério. Téti contribuirá em atualização do material a ser feita em breve, com depoimento sobre o disco e também estará presente em vídeos e gravações históricas, reunidas no álbum e em outros meios.

O especial audiovisual estreou sábado, 12/2, às 20h, no YouTube da Radiadora, produtora cultural do compositor, poeta, dramaturgo e produtor Alan Mendonça. A direção é de Allan Diniz, profissional audiovisual reconhecido pela produção de clipes e outros projetos ligados à música. A edição é de Levy Mota e Dalwton Moura. A produção executiva do projeto está a cargo de Alan Mendonça e dos compositores Rogério Franco e Dalwton Moura.

Antecipando a estreia do show-documentário, foi realizada uma série de quatro lives-debate. Alan Mendonça, Rogério Franco e Dalwton Moura receberam nas lives, também disponíveis no YouTube da Radiadora, convidados como a cantora, compositora e pesquisadora Jord Guedes, o DJ, pesquisador e colecionador de LPs Alan Morais, o cineasta, poeta e pesquisador Nirton Venâncio. 
Os arranjos originais das músicas do disco foram transcritos e adaptados pelo maestro Luciano Franco, que participa da gravação tocando contrabaixo e dividindo a direção musical com Rogério Franco (violão). Robson Gomes (teclado e acordeom) e Jefferson Portela (percussão) completam o grupo, com a voz de Rodger Rogério recriando as canções do disco de 1975, cuja faixa-título é uma parceria de Rodger e Belchior
A gravação do especial audiovisual, realizada no estúdio Som do Mar, na Praia de Iracema, em Fortaleza, aconteceu sem público presencial e com a observação dos protocolos de prevenção à Covid-19. Esse material histórico para a música de Fortaleza será exposto e amplamente divulgado nas redes sociais do projeto e dos artistas envolvidos.

Parceiros históricos reunidos no disco

O disco “Chão Sagrado” traz também composições de Rodger Rogério em parceria com Dedé Evangelista, Brandão, Pepe Capelo, Augusto Pontes e Fausto Nilo. Além de uma composição de Petrúcio Maia e de um clássico de Luiz Assunção e Evenor Pontes. Os arranjos e a regência foram do maestro Háreton Salvanini e a produção, coordenação e direção de estúdio de Walter Silva, o DJ e produtor cultural conhecido por Pica-pau, fundamental para a gravação dos discos “Meu Corpo, Minha Embalagem, Todo Gasto Na Viagem” (“Pessoal do Ceará”), de Rodger, Téti e Ednardo, lançado em 1973, e “Chão Sagrado”, de Rodger e Téti, lançado em 1975.


SERVIÇO:
Especial audiovisual “Chão Sagrado Revivido”. Rodger Rogério canta em estúdio 9 das 12 canções do disco lançado por ele e Téti em 1975. Especial traz também entrevista inédita com Rodger. Projeto inclui quatro lives-debate sobre o disco e sobre a obra de Rodger e Téti. Disponíveis no YouTube da Radiadora Cultural. Projeto fomentado com recursos da Lei 14.107 Aldir Blanc, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza.

Compartilhe nas redes

Deixar uma resposta