Escolas públicas de São Gonçalo do Amarante e Maracanaú recebem exposição comemorativa de 100 anos de Antônio Bandeira

Compartilhe nas redes

Com lançamento no dia 1º de abril, o projeto “Bandeira nas Escolas” expõe 20 réplicas de obras do cearense, que é um dos mais importantes pintores brasileiros do século XX.

Uma exposição itinerante lúdica e criativa composta por 20 reproduções das principais obras de Antônio Bandeira, um dos mais importantes pintores brasileiros e um ícone da cultura cearense, será instalada em abril de 2022 em escolas públicas de São Gonçalo do Amarante e Maracanaú, municípios da Região Metropolitana de Fortaleza. A ação faz parte do projeto “Bandeira nas Escolas”, que conta ainda com oficina online para professores e distribuição de uma revista didática sobre o pintor e sua obra. 

Ao todo, 20 escolas do Ceará participarão do projeto que, com isso, deverá alcançar cerca de 10 mil alunos. O lançamento de “Bandeira nas Escolas” será no dia 1º de abril, com abertura da exposição itinerante na Escola Maria do Socorro Gouveia, em São Gonçalo do Amarante, onde permanece até o dia 14/04. 

Durante essas duas semanas, além dos alunos e professores da instituição, a exposição receberá a visita de estudantes e docentes de outras escolas da cidade. O município de Maracanaú também receberá o projeto, em data a definir. A exposição marca o início das comemorações do centenário de Antônio Bandeira, nascido em Fortaleza em 26 de maio de 1922. 

ANTÔNIO BANDEIRA

Mestre da pintura abstrata e das aquarelas, Bandeira iniciou-se nas artes retratando pessoas e paisagens. Nos anos de 1940 participou de reuniões com grupos de artistas fundando instituições como o Centro Cultural de Belas Artes (CCBA), o Clube de Literatura e Arte (Clã) e a Sociedade Cearense de Artes Plásticas (SCAP). Em Paris, para onde seguiu na mesma década, teve contato com os novos rumos das artes e o abstracionismo passou a caracterizar suas obras. Na capital francesa realizou, em 1950, sua primeira exposição individual. Bandeira passou a maior parte da sua vida transitando entre o Brasil e a França, e expôs nas principais galerias do mundo. Morreu em Paris em 6 de outubro de 1967. 

AMAZONAS GUERREANDO (Reprodução)

Promovido pela Via de Comunicação, o projeto “Bandeira nas Escolas” tem como objetivo proporcionar o conhecimento sobre vida e obra do artista cearense, bem como a difusão e fruição da arte brasileira, formação e sensibilização para a arte e a cultura de jovens e crianças que vivem em vulnerabilidade social. Com a curadoria do gravador, pintor, fotógrafo, arte-educador e jornalista Francisco Bandeira, a exposição apresenta obras como “Auto Retrato no espelho” (1945), “Amazonas guerreando” (1958) e “Cidade queimada de sol” (1959).

OFICINA

Ainda em março, nos dias 28 às 17h e 29 às 19h, a artista visual e ilustradora Cris Soares ministra a oficina onlinePequeno Diário de ideias para o professor – Dicas para repercutir em sala de aula a vida e a obra de Antônio Bandeira“. A atividade visa apresentar aos educadores quem foi o pintor Antônio Bandeira e dar dicas de como podem realizar atividades com os seus alunos a partir de uma revista editada especialmente para esta finalidade. A publicação, que será distribuída aos professores e alunos das escolas atendidas, conta a história do artista, apresenta suas obras e o contexto em que viveu. O gravador, pintor, fotógrafo, arte-educador e jornalista Francisco Bandeira participará da atividade, para falar sobre a vida do artista homenageado.

O projeto Bandeira nas Escolas é uma realização da Via de Comunicação, Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, com o apoio institucional da Prefeitura Municipal de São Gonçalo e da Prefeitura Municipal de Maracanaú. Conta com o patrocínio da EDP, da Sumitomo Chemical e da Durametal. Captação: BG Soluções Sociais. Parceria: Instituto Antônio Bandeira.

SERVIÇO 

Projeto “Bandeira nas Escolas”Em São Gonçalo do Amarante: Lançamento da exposição no dia 1º de abril na EEF Maria do Socorro Gouveia. Horário: das 7h30 às 11h30 e das 13h às 17h. A exposição permanece no local até o dia 14 de abril. Mais informações: (85) 3114-7878. Site:http://www.bandeiranasescolas.com.br/.

Compartilhe nas redes

Deixar uma resposta