Festival Acordes do Amanhã abre convocatória para a quinta edição

Apresentado pela Enel, pela Plataforma Sinfonia do Amanhã e pelo Governo do Estado do Ceará, o festival selecionará 100 artistas para compor a edição #MúsicasQueAbraçam

Um acalanto em meio a um período desafiador que se vive desde 2020, com descaminhos e recomeços. É o que propõe o Acordes do Amanhã, festival que em 2021, em sua quinta edição, assume o tema #MúsicasQueAbraçam, com o intuito de fazer da música uma forma de aconchego. Com realização de 1° a 15 de setembro em formato de pocket show, o evento lança convocatória e recebe inscrições de 06 a 20 de agosto no site www.festivalacordesdoamanha.com.br. O resultado será divulgado no dia 27 de agosto. 

O Festival Acordes do Amanhã é apresentado pela Enel, pela Plataforma Sinfonia do Amanhã e pelo Governo do Estado do Ceará, com apoio institucional da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, via lei de incentivo à cultura. A realização é da Quitanda Soluções Criativas e do Instituto BR Arte. A produção é da Cinco Elementos Produções e a produção executiva é da Marco Zero Produções.

Nas três primeiras edições, praças, escolas, terminais de ônibus, hospitais e outros espaços públicos foram palcos desse show. Em 2020, as redes sociais abrigaram essa história diante da necessidade de isolamento social devido a pandemia de Covid-19. Agora em 2021, na quinta edição, ainda no contexto de manutenção dos cuidados e vivendo a potencialidade das redes, o ambiente virtual será novamente a casa do festival. A aparente distância que as telas revelam, entretanto, serão superadas na força de um abraço sonoro que não é, de forma alguma, frio e distante.

Mardonio Barros, um dos diretores da Quitanda Soluções Criativas que realiza o festival, conta que em 2020, na quarta edição, que teve 49 atrações, provou que é possível levar a música cearense às casas de um público sedento por shows.  No 5° Acordes do Amanhã o edital abrange mais atrações. “Nesta edição, a gente está num contexto onde o setor cultural sofreu duros impactos. Um grande diferencial deste ano é o número maior de músicos, artistas e trabalhadores da área cultural que será escolhido para compor a programação. Estamos fazendo um festival que consiga abarcar o máximo de pessoas, que possa chegar na ponta e com algum benefício econômico”, finaliza.

Instagram, YouTube, TikTok, Facebook, plataformas de streaming musical e outros territórios de contato com o público vão ser os palcos online do Acordes do Amanhã. Os artistas selecionados na convocatória vão utilizar suas redes para realizar as apresentações e promover novos momentos de celebração. As apresentações serão exibidas também no canal da Quitanda Soluções Criativas no YouTube. No line-up, 100 atrações dos mais diversos gêneros, do jazz ao rock, do regional ao universal, da canção ao instrumental, revelando a multiplicidade da música produzida no Ceará. Dessa forma, o festival busca reunir diferentes trajetórias de vida, que se encontram nesta arte em seu sentido mais bonito e sensorial.

O Acordes do Amanhã coloca-se em mais uma edição como uma plataforma para os artistas acessarem diferentes públicos e articularem novos passos com a possibilidade de uma ajuda de custoe a construção de redes entre diferentes atores do cenário cultural.

Como um festival que, em sua trajetória de cinco anos, revela um forte vínculo entre arte, público e cidade, em 2021, além da programação virtual, será gravado um web programa na Casa de Vovó Dedé, somente com artistas convidados e equipe técnica, seguindo todos os protocolos de segurança vigentes determinados pelas autoridades sanitárias no período. O programa será exibido no dia 15 de setembro, no canal da Quitanda Soluções Criativas no YouTube.

Segundo a coordenadora do evento, Ingrid Ferreira, o ecossistema da música se articula para um novo capítulo pós-pandêmico e o festival se alinha a esse movimento na busca por construir um futuro (de curto, médio e longo prazo) com novos horizontes. “Nesse momento, a virtualidade se mantém como aliada dessa difusão de estratégias e o Festival Acordes do Amanhã endossa essa tendência ao distribuir seus conteúdos em várias plataformas digitais de contato com o público. Nas redes sociais, nosso convite é que o público possa abraçar e ser abraçado ao sentir como a música pode ser esse ponto de cura e cuidado”, completa.

Desde o início da pandemia, os profissionais da música têm vivido diferentes baques diante da impossibilidade de realizar seus ofícios como de costume. O festival volta o olhar para estes artistas do Ceará, na busca por oferecer acolhimento e impulso para um novo tempo. Família, segurança emocional, vínculo, memória, cura, troca, cuidado e esperança são algumas das palavras que descrevem a quinta edição do Acordes do Amanhã. Mais do que ideias, essas palavras norteiam o festival, que tem no afeto a principal mola propulsora.

TRAJETÓRIA

A primeira edição do Festival Acordes, realizada em 2017, teve como tema “Sons que transformam”. Durante três dias o evento itinerante abraçou as cidades de Fortaleza, Orós, Itapajé, São Gonçalo do Amarante, Sobral, Aquiraz e Guaramiranga, acolhendo 25.860 pessoas e cerca de 120 apresentações em espaços públicos. No ano seguinte, com o tema “Somos música”, levou todos a pensarem como a música se integra à cidade. Como forma de simbolizar a importância do impacto da arte no cotidiano de quem vive o espaço público, o festival promoveu 307 apresentações. Delas, 167 no Rio de Janeiro e 140 no Ceará. Em ambas as edições também tiveram ações realizadas em Goiás e Rio Grande do Sul.

Em 2019, apostando na diversidade que a arte proporciona, veio com o tema “Música para todxs”. As apresentações ocorreram nas cidades de Croatá, São Gonçalo do Amarante, Sobral, Guaraciaba do Norte, Paracuru, Guaramiranga, Itapajé, Pindoretama, Aquiraz e Fortaleza. E em 2020, em meio ao isolamento social, o Acordes se negou a abrir mão dos encontros e se reinventou ao propor uma versão online do projeto. A edição “#FicaEmCasa” levou 40 artistas cearenses e mais 9 atrações nacionais aos lares das pessoas e mobilizou um público equivalente a 547 mil pessoas.

As quatro edições do Acordes do Amanhã já realizadas somam 2.200 artistas da música, divididos em 564 apresentações. O festival atingiu um público estimado de 642 mil pessoas, passando por mais de 40 cidades de 4 estados.

SERVIÇO

Convocatória do Festival Acordes do Amanhã – #MúsicasQueAbraçam: Inscrições de 06 a 20 de agosto para a quinta edição do festival que acontecerá de  1° a 15 de setembro de 2021. Regulamento e ficha de inscrição disponíveis no site www.festivalacordesdoamanha.com.br. O resultado será divulgado no dia 27 de agosto. Mais informações: @acordesdoamanha no Instagram ou pelo contato: (85) 3235.4063.

Imagem padrão
NCTDS
Artigos: 474

Deixar uma resposta