Grupo Formosura de Teatro promove III Encontro da Escola de Mamulengo nos dias 15 e 16 de julho

Compartilhe nas redes

Apresentações artísticas, encontro com os Mestres da Cultura Popular, rodas de conversas e seminários com temas “Educação, Cultura Popular e Arte” marcam a programação. Acesso gratuito!

Enfatizar a relevância dos mestres da cultura e incentivar o debate sobre as artes e ofícios produzidos pelos Tesouros Vivos da Cultura Tradicional Popular é objetivo do III Encontro da Escola de Mamulengo, realizado pelo Grupo Formosura de Teatro nos próximos dias 15 e 16 de julho. O evento, que acontece das 16h às 21h, na sede do Grupo (Rua Um, casa 96, Conjunto Veneza/Serrinha), vai promover apresentações artísticas, encontro com os Mestres da Cultura Popular, rodas de conversas e seminários integrando os temas “Educação, Cultura Popular e Arte”. O acesso é gratuito!

Nesta edição, o encontro vai contemplar dois patrimônios culturais: a Capoeira e o Teatro de Bonecos, mais especificamente o Mamulengo, que retrata de forma única a valiosa vivacidade do cotidiano do povo do Nordeste. Além disso, o evento marca a conclusão de um ciclo de quatro anos da Escola de Mamulengo. Na ocasião, os alunos da comunidade que tiveram, ao longo desse tempo, formação permanente em Teatro de Bonecos e Capoeira vão apresentar os resultados finais das oficinas. 

A programação abre na sexta-feira (15/07), às 16h, com o espetáculo “Tupitar” feito pelos alunos de Teatro de Bonecos da Escola de Mamulengos. Na sequência, às 16h45, haverá um debate sobre “Os saberes e valores que a Capoeira traz em sua prática”, com a presença do fundador e da presidenta da Associação Zumbi Capoeira (AZC), Luis Carlos Silva – Mestre Lula – e Carla Mara Henrique Silva – Mestra Carla Mara -, que também é representante de Expressões Culturais Afro-brasileira na Secretaria de Cultura do Estado do Ceará (Secult-CE). 

O primeiro dia termina com uma grande roda de capoeira com a participação de mestres e professores de capoeira da Escola de Mamulengo, Tijubina e Gordão. Na ocasião, ocorrerá também o preparo para batizado dos alunos das turmas de Capoeira da escola. O palco estará aberto aos artistas convidados.

Com início também às 16h, no dia seguinte (16/07), a programação abre com uma roda de conversa sobre a “Importância da arte na construção do conhecimento na escola”, com a participação de educadores e artistas. Já no início da noite, às 18h, haverá uma apresentação dos alunos do Curso de Libras da Escola de Mamulengo. Logo depois, em uma tenda armada na rua, o Mestre Vanderlei das Laranjeiras, que também é bonequeiro de Banabuiú (CE) há 30 anos, fará uma abertura de mala, momento em que ele fala sobre sua própria carreira, modos de produção e outros temas que envolvem sua trajetória. Na sequência, o mestre realiza o encerramento do III Encontro da Escola de Mamulengo.

ESCOLA DE MAMULENGO

A escola é um projeto de formação em Artes que consolida e amplia as ações do Grupo Formosura de Teatro. O foco principal é o estudo da cultura popular de modo que se vincule arte e educação. Proporcionar uma educação crítica, que faz do educando um sujeito, um ser pensante e, portanto, um ser que cria, que pode transformar o mundo a sua volta. 

Ao longo desses 4 anos, a Escola realizou a formação de crianças, jovens, adultos e idosos, em parceria direta das escolas públicas de ensino fundamental e médio da grande Serrinha, além da importante parceria da Secretaria Municipal de Educação. Nesse caminhar, mesmo em meio a pandemia que isolou a todos por quase 1 ano, a escola formou 650 alunos. Ao longo desse tempo, os alunos aprenderam desde a confecção de bonecos, até a manipulação e a montagem de espetáculos.

SERVIÇO

III Encontro da Escola de Mamulengo – Dias 15 e 16 de julho, das 16 às 21h, na Sede da Escola de Mamulengo Grupo Formosura de Teatro (End: Rua Um, casa 96, Conjunto Veneza/Serrinha. Acesso gratuito. Informações: (85) 98693-8062 / (85) 98509-3608

Compartilhe nas redes

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.