Orquestra Contemporânea Brasileira realiza concerto presencial aberto ao público

Compartilhe nas redes

A Orquestra Contemporânea Brasileira (OCB) subirá ao palco do Cineteatro São Luiz, no dia 13 de março, às 10 horas, para a realização de um grande concerto aberto ao público. Esta será a terceira apresentação presencial da temporada 2020/2021, em dois anos de pandemia. O evento tem o diferencial de reunir, após um longo período de interrupção, 32 músicos que irão tocar instrumentos de sopro, cordas e percussão. O concerto é um oferecimento do Ministério do Turismo, por meio de sua Secretaria Especial da Cultura e da EDP Brasil.

A Orquestra realizou durante todo ano de 2019 um intenso trabalho de difusão da música orquestral no Ceará, que foi interrompido em 2020 em função da crise sanitária. No ano seguinte, além dos concertos serem retomados de forma virtual, a orquestra reencontrou o público em duas ocasiões: durante um concerto geral e outro didático, este voltado aos estudantes de escolas públicas. Ambos foram realizados no mês de novembro de 2021.

Agora, momento em que a pandemia se mostra um pouco mais branda, a Orquestra realiza o seu primeiro concerto com todas as seções – sopros, cordas e percussão. “Com mais músicos no palco e instrumentos variados, será possível apresentar um repertório robusto, com peças escritas não só para orquestra de câmara, mas também para orquestra sinfônica”, avalia o maestro e produtor musical da OCB, Arley França. A diferença entre a orquestra de câmara e a sinfônica é justamente a quantidade de integrantes e instrumentos, que na primeira é bem menor.

“É muito importante o retorno da Orquestra Contemporânea Brasileira com esta formação instrumental maior, para continuar o trabalho de difusão da música erudita no Estado”, comemora Arley. No repertório da próxima apresentação, estarão presentes músicas de grandes compositores eruditos, a exemplo de Mozart, com a Sinfonia n°40 em Sol Menor e a Abertura das Bodas de Fígaro; Vivaldi, com a Primavera das Quatro Estações; Joseph Haydn, com a Sinfonia n° 104, e Corelli, com o Concerto Grosso n°4 em Ré Maior.

A Orquestra Contemporânea Brasileira é formada por músicos profissionais do Ceará e de outros estados, como Rio Grande do Norte e São Paulo. Muitos dos instrumentistas tiveram suas trajetórias iniciadas em projetos sociais de educação musical. No Ceará, a OCB vem cumprindo seu papel social no incentivo à educação de novos artistas, contribuindo com a formação, por exemplo, do Núcleo de Educação Musical de São Gonçalo do Amarante, patrocinado pela EDP desde 2019. Atualmente há parcerias nos municípios de Cascavel, Limoeiro do Norte, Ibiapina e Varjota e novas parcerias estão sendo firmadas em outros municípios do Ceará para a criação de orquestras infantojuvenis.

O concerto conta com o apoio do Ministério do Turismo, patrocínio da EDP e apoio do Instituto EDP, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, e o apoio institucional do Instituto Dragão do Mar, Cineteatro São Luiz e Secretaria da Cultura do Ceará.

SERVIÇO:

Concerto da Orquestra Contemporânea Brasileira

Local: Cineteatro São Luiz

Data: 13 de março

Horário: 10 horas

Realização: AAMARTE e Ministério do Turismo

Apoio institucional: Instituto Dragão do Mar, Cineteatro São Luiz e Secretaria da Cultura do Ceará

Patrocínio: EDP Brasil

Apoio Cultural: Instituto EDP

Compartilhe nas redes

Deixar uma resposta