Porto Dragão recebe remontagem do espetáculo “De Santiago do Chile, 1973”

Compartilhe nas redes

Após 10 anos de sua primeira montagem, o espetáculo “De Santiago do Chile, 1973″, ressurge inspirado no atual  contexto político vivido no Brasil. Encenado pelo Grupo de Dois, o espetáculo será remontado no dia 30 de outubro, às 19h, no canal do YouTube do Porto Dragão, abrindo a programação do seminário  “Estratégias de Resistência e Criação em Arte” que acontece até o dia 02 de novembro, também com exibição dos filmes El Pueblo Que Falta e Araguaia, Presente!. Toda a programação é online e gratuita.

Montado inicialmente em 2009, “De Santiago do Chile, 1973″, foi concebido com uma equipe interdisciplinar de artistas – músico, iluminador, videomaker – e todo um aparato técnico cênico que serve para construir e partilhar com o público aquilo que “seria melhor não dizer”, uma história de violência familiar e de estado. Cercada por todo este aparato e olhares ávidos está a menina, apenas uma menina: “é de tão pouca idade de mim o que estou a contar e que não deveria”. Câmera, música e luz criam a atmosfera ideal demandada pela sociedade do espetáculo que consome, em tempo cada vez mais veloz, as tragédias pessoais e torna todos nós ávidos por mais.

Projeto “Estratégias de Resistência e Criação em Arte”, contemplado no VIII Edital das Artes de Fortaleza.

PROGRAMAÇÃO

 Dia – 30/10

– Estreia da remontagem do espetáculo De Santiago do Chile,1973

– Mesa Redonda: Em busca de um teatro político contemporâneo; com Tiago Fortes e Héctor Briones. Mediação de Renata Lemes.

Dia – 31/10

– Exibição do filme El Pueblo Que Falta.

– Mesa redonda: Contextos da violência política na América Latina; com  Tiago Fortes e André Queiroz, diretor do filme. Mediação de Júlia Sarmento.

Dia – 01/11

– Exibição do filme Araguaia, Presente! 

– Mesa redonda: Dos processos de visibilidade em tempos de mídias sociais; com um membro de Aparecidos Políticos e André Queiroz, diretor do filme. Mediação de Tiago Fortes.

Dia – 02/11

– Leitura do texto original de Santiago do Chile, 1973.

– Lançamento do livro Patchwork – livro para teatro; com conversa sobre a relação entre teatro e literatura com Júlia Sarmento e André Queiroz, autor do livro.

FICHA TÉCNICA

Texto: André Queiroz
Direção: Tiago Fortes
Elenco: Júlia Sarmento
Coreografia: Alda Pessoa
Videomaker: William Ferreira
Iluminação: Raí Santorini
Direção de Arte e figurino: Maluan Piva
Trilha Sonora: Kerensky Barata
Captação de som: Pedro Henrique
Edição de vídeo: Alisson Severino
Produção: Débora Ingrid
Assistência de produção: Wescly Psique
Intérprete de Libras: Alana Oliveira e Isabel Costa
Assessoria de Imprensa: Sinal Criativo Comunicação
Still: Naya Oliveira


Agradecimentos: Porto Dragão, Grá Dias, Maria de Lourdes Sousa Moreira, Aires, Lua Alencar, Tatiana Amorim, Evelyne, Abimaelson Santos, Porto Iracema das Artes, Aldenice
Bezerra de Paula Pessoa e Evye Alves.

Serviço

Grupo de Dois

Espetáculo “De Santiago do Chile, 1973”

Dia 30 de outubro, às 19h

Onde: Canal do YouTube do Porto Dragão

https://youtube.com/c/PortoDrag%C3%A3o

Seminário Estratégias de Resistência e Criação em Arte

Dias: 30 de outubro a 02 de novembro, sempre às 19h

Onde: Canal do YouTube do Porto Dragão

https://youtube.com/c/PortoDrag%C3%A3o

Gratuito

Compartilhe nas redes

Deixar uma resposta