Processo de live painting e conversa com artista serão exibidos neste domingo (31), no YouTube do Dragão

Compartilhe nas redes

Selecionado na convocatória Arte em Rede, Mural da Ancestralidade”, de INDJA, propõe um reencontro do público com suas origens ancestrais através da arte.

     Compondo a programação virtual de projetos artísticos selecionados a partir da convocatória Arte em Rede, edição 2021, o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, complexo cultural da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, gerido em parceria com o Instituto Dragão do Mar, exibe, neste domingo (31), o projeto visual “Mural da Ancestralidade”, de Indja. A partir das 19h, no YouTube do Dragão, e artiste apresenta uma obra inédita da série Raiz, fruto de live painting, a partir da qual e proponente convida o público a refletir sobre as possibilidades de reencontro com suas origens ancestrais através da arte.

     Segundo INDJA, o projeto combina a construção de uma obra artística e uma conversa na qual e artista visual aborda desde os materiais e técnicas utilizados ao conceito do trabalho dentro da pesquisa sobre ancestralidade. “O trabalho se motiva pela necessidade de autoidentificação, retomada e afirmação das nossas origens e culturas por meio da imagem, gerando um conteúdo de resistência contra a hostilização e invisibilização de povos por meio da arte”, afirma e artista.

E proponente

     Gabriel Silva (I N D J A) nasceu em 1996. É indígena das etnias kariri e Paicus no processo de descolonização histórica. LGBTQIA+ não binária. Artista das Artes integradas. É muralista, performer, pintora, cantora, produtora cultural, fotógrafa, DJ, e tem experiência com diagramação de livros e catálogos com base nas poéticas visuais. Residente na cidade de Juazeiro do Norte (CE), no Cariri, desde criança. Graduada no curso de licenciatura em Arte Visual na Universidade Regional do Cariri (URCA) – CE. Atualmente trabalha na produção dos projetos Raiz (Pintura Mural), CORPOEMDESOVA (performance) e Parente (pinturas de constituição Familiar Indígenas). Atuante como uma das participantes do Centro de Artes – ‘Quebrada Cultural’ – casa de cultura constituinte na Comunidade do Triângulo em Juazeiro do Norte. Constituinte de arte ‘Vandalas’, grupo de performance atuante na comunidade LGBTQIA+. Diretor Visual Do ‘Grupo de Teatro Cínicas’ – Teatro de Imersão e site specific. 


Ficha técnica do projeto

INDJA – artista
Lucas Galdino – editor
Tainah Amarall – locação

Sobre o Arte em Rede


     A Convocatória “Arte em Rede” se insere dentro de um conjunto de iniciativas que o Governo do Ceará, a Secretaria da Cultura do Estado, junto à sua Rede de Equipamentos, e o Instituto Dragão do Mar vêm realizando com o objetivo de promover e movimentar a criação, difusão e economia artística e cultural do Estado, no contexto de medidas de distanciamento social necessárias neste período de pandemia do coronavírus, incentivando a sustentabilidade do fazer artístico através de iniciativas que contemplem os artistas, grupos, coletivos, companhias e demais profissionais e empreendimentos culturais cearenses.

Serviço: Arte em Rede apresenta “Mural da Ancestralidade”, de INDJA
Data: 31 de outubro de 2021 (domingo)
Horário: 19h
Canal: Youtube do Dragão (youtube.com/dragaodomarcentro)
Duração: 19min06
Acessível em Libras
Acesso livre

Compartilhe nas redes

Deixar uma resposta