Cineteatro São Luiz traz novo formato de programação: a desmontagem de peças teatrais

Cineteatro São Luiz traz novo formato de programação: a desmontagem de peças teatrais

O Curta Mais Teatro, faixa de programação do Cineteatro São Luiz, traz neste mês um novo formato: a desmontagem. Nesse processo, o público irá presenciar o desmembramento na construção de um espetáculo, como em “Capitu conta Capitu”. A estreia traz depoimentos da atriz Ana Cristina Viana, da diretora Ana Marlene, da adaptadora Ceronha Pontes e do preparador corporal Brino Correia, ocorre no dia 17 de fevereiro, às 19h, através do site e canal de YouTube do Cineteatro, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult).

Esta é a primeira vez que este espetáculo será “desmontado”. De acordo com Ana Cristina, “o público irá ver o processo de construção na visão da dramaturgia, direção, atuação e preparação corporal, relatado por seus mentores. Ao mesmo tempo, poderá ver as imagens e curtir o clima do espetáculo.”. Da composição da personagem à escolha do texto, passando por cenas e trilhas sonoras. Forma-se uma colcha de retalho costurada pelas memórias de Capitu, da atriz, da equipe técnica e das imagens armazenadas.

José Alves Netto, Coordenador do São Luiz, fala sobre a produção deste novo formato de programação: “Revelar os processos de criação e construção da cena é uma ação generosa de atores e atrizes. Promove o conhecimento e a formação do público interessado nessa desconstrução e na intimidade em que se envolvem ator/atriz e personagem. Torna-se um campo aberto ao diálogo, farto de impressões e trocas que são importantes para integrar  palco-plateia – ainda que virtualmente”.

O espetáculo

Em Capitu conta Capitu, a personagem de Dom Casmurro é protagonista e se apresenta em três momentos superpostos: infância, idade adulta e velhice. Entretanto, não há espaço nem tempo definidos. Regidas pelo desfiar da memória, as temporalidades se cruzam. O mistério, se ela traiu ou não, é finalmente desfeito – pela própria voz de Capitu.

É nesse contexto que entra a proeza da jornalista cearense Adísia Sá que ousou, pela primeira vez, oferecer a Capitu o direito de falar por si, na primeira pessoa, responsável e capaz de defender-se das acusações que a fizeram culpada por décadas.

Capitu Conta Capitu, traz a personagem de Machado de Assis revista sob a ótica feminina de três grandes mulheres cearenses, a jornalista Adísia Sá, autora do livro homônimo do espetáculo, a dramaturga e atriz Ceronha Pontes e a atriz Ana Cristina Viana. “Sempre fui apaixonada por Machado de Assis e consequentemente por sua personagem mais famosa. Quando conheci o livro dia Adísia Sá, em que ela brilhantemente dá voz a personagem Capitu, eu imediatamente resolvi montar. Afinal, até então, todos nós só conhecíamos a versão pelos olhos de Dom Casmurro.”, finaliza Ana Cristina.

Serviço

[Curta Mais Teatro] Capitu conta Capitu – Desmontagem, com Ana Cristina Viana

17/02 (quarta-feira), às 19h

Classificação Indicativa: Livre | Duração: 30 min

➜ Onde: no site https://www.cineteatrosaoluiz.com.br/curtamaisteatro e canal no YouTube do Cineteatro http://youtube.com/c/CineteatroSãoLuizFortaleza 

Leave a comment

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *