Curso de costura voltado para pessoas trans realiza desfile no Theatro José de Alencar

As alunas do curso TRANS FORMANDO assinam a coleção

A Casa de Andaluzia, instituição que há mais de 20 anos oferece cursos, gratuitos, de costura e modelagem para mulheres trans, realiza na sexta-feira (29), a partir das 15h, no Theatro José de Alencar, desfile de moda com peças confeccionadas pelas alunas do curso TRANS FORMANDO, como encerramento das atividades do curso.

O curso TRANS FORMANDO chega à sua 5ª turma, finalizada em dezembro de 2020, voltado para o público LGBTQI+, em especial para mulheres trans, oferecendo oportunidade de qualificação profissional e geração de renda. A cada turma o projeto recebe cerca de 15 a 20 mulheres trans, dando capacitação profissional na área da costura e modelagem, passagem e lanche, além de uma ajuda de custo no valor de R$100.

“O curso dá dignidade para um público tão marginalizado e invisível à sociedade, as pessoas trans. Por serem quem são, elas vivem em situação de vulnerabilidade social, sem perspectivas de vida e capacitação profissional. No curso, além de receberem capacitação profissional, elas têm a oportunidade de sonhar com um emprego formal ou montar seu próprio negócio, com dignidade”, ressalta Javier Garcia, coordenador do projeto.

Ao final de cada turma é realizado um desfile com peças confeccionadas pelas próprias alunas, onde elas colocam em prática todos os processos aprendidos durante às aulas, como uma graduação para apresentarem seus trabalhos de fim de curso, tudo orientado pelo professor, Marcelo Mota, formado em costura e moda. Os desfiles ocorrem em espaços públicos de Fortaleza, como o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (2018) Centro Cultural Belchior que recebeu o desfile da turma de 2019, com acesso gratuito para o público.

Nesta edição, referente ao ano de 2020, o desfile será gravado, por conta da pandemia da Covid19, no Theatro José de Alencar que cedeu o espaço para a realização do evento, e estará disponível nas plataformas digitais da Casa de Andaluzia.

O projeto, que é desenvolvido pela Casa de Andaluzia, dura em média de 4 a 6 meses e dependendo dos recursos são formadas duas turmas ao ano. Para os interessados em participar do curso, todo ano a Casa de Andaluzia abre inscrições, gratuitas, para novas turmas.

Sobre a Casa de Andaluzia

Instituição fundada em 1998, situada no bairro Benfica, com o apoio de organizações sem fins lucrativos da Espanha, por isso o nome Casa de Andaluzia porque são parceiros que estão localizados, principalmente, na região de Andalucía uma comunidade autônoma da Espanha, situada na parte meridional do país. Há mais de 20 anos desenvolve ações e projetos voltados para jovens, mulheres e o público LBTQI+, visando a garantia de direitos, geração de renda, cultura e cidadania.

Serviço

Desfile V TRANS FORMANDO

Data: Sexta-feira (29)

Horário: A partir das 15h

Local: Theatro José de Alencar

Informações: 85 9722-5234/98639-3430

Deixar uma resposta