Obra de Luiz Eça é revisitada em concerto da OSUECE com arranjos de Mário Adnet

Compartilhe nas redes

O concerto acontece no dia 27 de julho, às 19h, no Cineteatro São Luiz.

Luiz Eça do Tamba Trio, das Salas de Concerto ou Luizinho Eça dos bares das noites cariocas, em tantas críticas e notícias jornalísticas e midiáticas, foi considerado menino prodígio, uma grife do piano brasileiro, grande orquestrador e compositor. Como conhecedor de harmonia foi, sem dúvida, a moldura harmônica da música composta na segunda metade do século XX no Brasil. A nova versão de sua obra, “Luiz Eça Sinfônico“, será apresentada no dia 27 de julho, às 19h, no Cineteatro São Luiz, pela Orquestra Sinfônica da Universidade Estadual do Ceará (OSUECE), com a regência de Alfredo Barros. Os arranjos são de Mário Adnet, violonista, compositor e arranjador que foi um dos alunos mais talentosos e próximos de Luiz Eça. Os ingressos, a preços populares, já estão à venda na bilheteria do Cineteatro e no site da Sympla por R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia).

O concerto terá como solista Diogo Monzo, pianista, arranjador e compositor tal qual Luiz Eça imaginou, a continuidade do seu piano.  Também participam como solistas convidados o clarinetista Ricardo Dourado Freire e o saxofonista Bob Mesquita. “Luiz Eça Sinfônico” faz parte das comemorações de 70 anos de atividades culturais de Fernanda Quinderé, viúva de Luiz Eça. É dela a produção do espetáculo.

Considerando a criação da música como fenômeno sabe-se que, a cada século, ela é mais um mistério da comunicação e, do desejo ativo de identidade do homem. Gêneros, estilos, ritmos renovam plateias e preenchem salas de músicas na intenção de desenvolver uma consciência crítica. Sendo o pensamento do homem o único bem inalienável, sabe-se também que não há atualmente, receita determinada para o sucesso a não ser o gratuito e imediato. O que de fato há é a responsabilidade daqueles que reconhecem os grandes fenômenos da música brasileira e registrá-los para que novas gerações reconheçam a qualidade de criação e suas influências. 

Daí a necessidade de mostrar a composição de Luiz Eça numa renovada linguagem do século atual, posto que, foi considerada por tantos, como a vanguarda do século XX em meio ao movimento da Bossa Nova, que se tornou o clássico da música brasileira. 

OSUECE

O projeto da OSUECE é uma ação tríplice de ensino, pesquisa e extensão que atua como um forte agente aglutinador de músicos de diferentes camadas sociais e alunos matriculados em cursos superiores da UECE. É sobretudo uma orquestra jovem que tem um compromisso de inclusão social e acadêmica. Abre perspectivas para a orientação e apoio àqueles estudantes de música que procuram uma oportunidade de ingressar na universidade. A Reitoria e Vice-Reitoria da UECE e a Pró-Reitoria de Extensão–PROEX, têm dado importantíssimo apoio à Orquestra.

Criada em agosto de 2009, a OSUECE tem um conjunto variado de obras em seu repertório, de compositores brasileiros em geral, com destaque especial para jovens compositores cearenses que desenvolvem atividade no Bacharelado em Composição da UECE, arranjos e adaptações de grandes obras populares e obras do repertório tradicional sinfônico.

É formada por cerca de 65 integrantes distribuídos dentre os naipes das madeiras, metais, percussão e cordas. A direção e regência titular é do prof. Alfredo Barros, maestro e compositor, doutor em Artes Musicais pela Universidade do Texas, Austin, EUA. Professor de composição do Curso de Música da UECE, o maestro desenvolve projetos artísticos dessa natureza desde 1988.

A temporada de 2022 da OSUECE foi aberta no dia 30 de abril, com um concerto apresentando obras de balés consagrados No dia 02 de junho apresentou um concerto sinfônico relacionado à Semana de Arte Moderna de 1922. Ambos no Cineteatro São Luiz.

ACESSO AO CINETEATRO SÃO LUIZ

Para ter acesso à programação presencial do Cineteatro, é obrigatória a apresentação do passaporte sanitário com duas (02) doses ou dose única (a depender do imunizante), acompanhado de documento de identificação com foto.

SERVIÇO

Concerto da OSUECE: Luiz Eça Sinfônico – Dia 27 de julho de 2022, às 19h, no Cineteatro São Luiz (Rua Major Facundo, 500 – Centro, Fortaleza/CE). Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia), à venda na bilheteria do Cineteatro (Aberta de 3ª a 6ª das 9h30 às 18h e sábados das 9h30 às 17h) e no Sympla: https://bileto.sympla.com.br/event/74862/d/147995/s/966518. Classificação indicativa: 10 anos. Informações: (85) 3252.4138.

Compartilhe nas redes

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.