La Feira lista os mitos e verdades sobre o consumo de alimentos orgânicos

Funcionando como um pequeno mercado que comercializa orgânicos e produtos que ajudam na preservação do meio ambiente, a La Feira Orgânica, referência em alimentação saudável em Fortaleza, busca, também, promover informação de qualidade acerca do consumo proveniente dos alimentos orgânicos.

Além da parte do mercadinho, há também o espaço de produtores regionais e locais, que salienta a valorização do produtor cearense. Para Renata Capibaribe e Laís Leal, sócias da La Feira, é preciso que as pessoas entendam que o movimento orgânico fomenta o reconhecimento da agricultura familiar, a ponto dos agricultores se veem dentro de um papel importante na sociedade, que é alimentar a população.

“Nós não queríamos que fosse apenas uma loja, mas sim um local em que as pessoas descobrissem o orgânico como um todo”, pontua Renata. Partindo dessa premissa, as empreendedoras Renata e Laís selecionaram quatro verdades e quatro mitos acerca do consumo desse tipo de alimento:

1.   Alimentos orgânicos são mais nutritivos:

Verdade. A qualidade do solo usado em sistemas orgânicos é capaz de produzir alimentos mais ricos em nutrientes, que refletem diretamente no bem-estar do consumidor. Além disso, são livres de substâncias com potencial cancerígeno, normalmente usados na produção dos alimentos convencionais.

2.   É possível consumir orgânicos crus;

Verdade. Os alimentos podem ser consumidos crus, desde que sejam higienizados corretamente.

3.   Alimentos orgânicos ajudam o meio ambiente:

Verdade. Ajudam, absolutamente, a forma de cultivo sustentável em relação ao meio-ambiente, principalmente pelo fato de não estar contaminando o solo e os recursos hídricos de toda a região de produção.

4.   Os orgânicos são fiscalizados:

Verdade. Atualmente o maior controle ocorre por parte da Associação de Certificação Instituto Biodinâmico (IBD), que libera os certificados de conformidade de orgânicos do Brasil, além do Ministério da Agricultura.

5.   Orgânicos são menores e feios:

Mito. Os orgânicos seguem o fluxo da natureza, respeitando o tempo de crescimento da produção. Portanto podem variar, desde tamanhos pequenos à grandes.

6.   Alimentos cultivados sem agrotóxicos são sempre orgânicos:

Mito. A produção orgânica vai além do não uso de agrotóxicos. A propriedade que recebe o selo orgânico precisa estar dentro de uma série de adequações, como lei de orgânicos, ambientais e trabalhistas, o que garante segurança para o trabalhador rural e para o consumidor.

7.   O consumo de orgânicos ajuda a emagrecer:

Mito. Por mais saudável que seja, o emagrecimento depende de uma dieta balanceada com orientação de um nutricionista.

8.   Ao consumir orgânicos, estou mais vulnerável à intoxicação alimentar:

Mito. Os orgânicos são in natura, sem aditivos artificiais ou quaisquer agrotóxicos. Os métodos de plantio naturais não prejudicam as propriedades dos alimentos.

Serviço

La Feira Orgânica

Endereço: Rua Torres Câmara, 996 – Aldeota 

Instagram: www.instagram.com/lafeiraorganica 

Funcionamento: 08h às 17h (seg-sexta) e 09h às 13h (sábados)

Whatsapp: (85) 99818-3632  

Deixar uma resposta