Governador assina decreto que regulamenta vale-gás e atualiza número de leitos de Covid

Daniel Hercualno – Ascom Casa Civil – Texto 
José Wagner, Carlos Gibaja e Tatiana Fortes – Ascom Casa Civil- Fotos

O governador Camilo Santana utilizou as redes sociais na noite desta segunda-feira (29) para atualizar os números e as ações de combate à pandemia em todo o Ceará. Na ocasião, além de apresentar dados positivos importantes da rede de Saúde, assinou a regulamentação da distribuição do vale-gás a famílias em situação de vulnerabilidade.

“Estou assinando agora a lei que nos autoriza a distribuir 250 mil vales-gás, numa ação que repetimos do ano passado, que contou com a parceria da Nacional Gás, que vendeu ao Governo do Ceará os botijões de gás a preço de custo”, detalhou. Após sancionar mais essa medida social do Governo do Ceará, Camilo Santana listou uma série de ações de apoio às famílias cearenses já em vigor, como a isenção das contas de água de 493 mil famílias cearenses através da Cagece (famílias de baixa renda que consomem até 10 m³ por mês) e Sistema Sisar (Área Rural); A ampliação de 70 mil para 150 mil famílias beneficiadas com o Cartão Mais Infância Ceará, recebendo auxílio de R$ 100 mensalmente; Distribuição de 347 mil chips de dados de internet com um pacote de 20GB mensais e 150 mil tablets para alunos da rede pública estadual de ensino, além da distribuição de mais de 2,5 milhões de kits alimentação; e o Auxílio Catador, que virou política pública permanente e que concede benefício mensal de ¼ de salário-mínimo aos catadores que atuam na coleta de resíduos sólidos.

Confira as ações que o Governo do Ceará vem promovendo no combate à pandemia

Dentre as medidas implementadas nesta pandemia que auxiliam os setores de Bares, Restaurantes e Alimentação Fora do Lar e o setor de eventos, está o benefício, com inscrições abertas, para pagamento de R$ 1 mil aos trabalhadores desempregados desses setores, e a isenção do IPVA para veículos das empresas do setor. 

Recorde de leitos

Em todo o Estado, o Governo do Ceará tem aberto exclusivos para atender pacientes com Covid-19, e já ultrapassou em quase dois mil o número que tinha no pico da pandemia em 2020. Atualmente o Ceará conta com um total de 4.724 leitos exclusivos para Covid, sendo 3.506 de enfermaria e mais 1.218 leitos de UTI. Camilo destacou que antes da pandemia apenas três cidades cearenses possuíam leitos de UTI e atualmente são 18 municípios com essa estrutura de atendimento de complexidade.

O governador afirmou que o Ceará deverá ultrapassar os 5 mil leitos muito em breve, pois já estão em andamento mais sete unidades de campanha, sempre atreladas a hospitais existentes, para aproveitar estrutura e pessoal. “Hospital Regional Norte (HRN) vai ganhar novos leitos com o sua unidade de campanha, anexa à sua estrutura, assim como o Hospital de Messejana, o Waldemar Alcântara, o Hospital Geral de Fortaleza (HGF), o HRSC, em Quixeramobim, o Regional do Cariri, e o Hospital de Crateús, que adquirimos. Além desses, estamos negociando a compra do Hospital de Itapipoca, para torná-lo público, e assim continuar a garantir a ampliação de leitos ao máximo possível e atender todos os cearenses com o mínimo de dignidade”, apontou.

Vacinômetro

Na transmissão ao vivo, Camilo Santana apontou ainda que o Ceará se aproxima da marca de mil doses de vacina contra Covid-19 aplicadas. E ressaltou ainda que o Estado “segue como nota 10 e número um do Brasil em transparência pela Controladoria Geral da União (CGU). Então, tudo o que você quiser saber, basta acessar o IntegraSUS”. Pelos números do Vacinômetro, que contabilizam as vacinas aplicadas pelos municípios e que são atualizados diariamente pela Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), até as 12h desta segunda-feira (29), foram 944.099 doses aplicadas, entre primeira e segunda doses.  
O governador antecipou que até quarta-feira (31) o Ceará deverá receber o 12º lote com doses da vacina contra Covid-19, dentro do Programa Nacional de Imunização (PNI), e que em menos de 24 horas os imunizantes serão distribuídos de forma proporcional aos 184 municípios.

“Tive várias reuniões sobre a pandemia nesta segunda-feira (29), e percebemos que os números estão mais estáveis, fruto do isolamento social e das nossas medidas de prevenção, mas também se avalia o resultado por conta da vacinação, principalmente nos idosos, com números positivos de menos internações dessa faixa etária. Contudo, os números ainda estão muito altos, a demanda por internação ainda é muito alta, e nesta nova onda estamos enfrentando um vírus mais agressivo, que atinge os mais jovens e os deixam mais tempo internados, por isso é muito importante que você cumpra o isolamento durante toda esta semana”, ressaltou o governador. Ele complementou que, se os números mantiverem a tendência, o Comitê poderá assim discutir ao longo da semana a possibilidade de previsão de retomada gradual das atividades não essenciais a partir do dia 5 de abril. Mas, para isso, é preciso que as pessoas fiquem em casa neste momento e cuidem de quem mais amam.

Proteger a vida

Encerrando a transmissão, Camilo comentou as ameaças direcionadas a ele. “Quero agradecer aqui uma série de apoios e mensagens, tanto de políticos, quanto dos cearenses, a respeito das ameaças que tenho recebidos nos últimos dias. O setor de Inteligência do Ceará está tomando todas as providências, e vou continuar agindo da mesma forma, com a consciência tranquila, em paz, agindo sempre para proteger a vida dos irmãos e irmãs cearenses. E lembrem-se, o decreto de isolamento social rígido continua em vigor, se continuar essa tendência de estabilização e redução podemos discutir a reabertura de alguns setores do Estado. Por isso faço um apelo, se cuidem, vamos cumprir o isolamento, vamos usar máscara, precisamos manter todos os cuidados. A única prevenção ao Covid é isolamento social e a vacinação”.

Deixar uma resposta