Governo do Ceará divulga resultado final do edital que investirá R$ 4 milhões para eventos corporativos virtuais

Texto: Larissa Falcão – Ascom Casa Civil
Foto: Tatiana Fortes

O Governo do Ceará publicou, no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (8), o resultado final com os 92 projetos selecionados no edital que prevê investimento total de R$ 4 milhões para a realização de eventos corporativos virtuais no período da pandemia da Covid-19. O resultado foi definido após o período para análise de recursos.

Anunciado pelo governador Camilo Santana, o edital minimiza a crise vivenciada pelos profissionais do setor de eventos em razão da pandemia. “O setor de eventos foi e ainda está bastante afetado. Para amenizar a situação tivemos a parceria do Governo Federal e Estadual com a Lei Aldir Blanc, mas agora o Estado do Ceará anuncia as suas cinco medidas de apoio, e dentre elas está o Edital de Eventos Corporativos”, pontuou Camilo.

Projetos selecionados

Os 92 projetos selecionados vão receber apoio financeiro para promover o interesse público, fortalecer o conceito, agregar valor à imagem, incrementar atividade no setor econômico, gerar reconhecimento e/ou ampliar relacionamento do Governo do Ceará com a sociedade.

Com isso, serão desenvolvidas atividades virtuais que tenham o intuito de fomentar discussões acerca de temáticas de relevância para o mercado de trabalho, de qualquer área de atuação, mediante a realização de seminários, simpósios, congressos, feiras e exposições. As propostas selecionadas pretendem incentivar a capacitação e atualização profissional por meio das novas tecnologias, com foco no estudo, no compartilhamento de experiências profissionais, na sustentabilidade e no desenvolvimento de novos negócios, proporcionando avanços econômicos e significativos ao Ceará.

Também serão desenvolvidas atividades que priorizam a preparação do jovem para acesso ao primeiro emprego por meio do ensino de competências relevantes para o cotidiano das empresas. Tudo deve ser exibido por meio de plataforma de hospedagem de vídeo, com programação gravada ou ao vivo.

Acessibilidade

Seguindo o critério de acessibilidade, sugere-se que as propostas de ações comunicacionais dos projetos contenham o uso da linguagem de Libras, e/ou audiodescrição, e/ou legenda para surdos e ensurdecidos, entre outros, respeitando a linguagem de cada projeto e as necessidades do público.

Clique aqui para consultar a lista com o resultado final

Deixar uma resposta