Setembro Amarelo: instituição leva campanha para dentro da comunidade

Na programação, orientações e atendimento psicossocial com equipe multidisciplinar realiza visita domiciliar às famílias.


Setembro é o mês da campanha de Prevenção ao Suicídio, conhecida como “Setembro Amarelo” com o objetivo de prevenir e reduzir os números de suicídio em todo o Brasil. Trata-se de uma triste realidade, que registra cada vez mais casos, principalmente entre os jovens. E a pandemia desencadeou o agravamento no número de casos.

Na tentativa de prevenir, orientar e sensibilizar as pessoas a respeito da importância da prevenção ao suicídio, o Instituto Compartilha — SAMEAC, leva à comunidade que atende, João XXIII (Pau Pelado), uma série de ações, ao longo do mês, que integram a campanha Setembro Amarelo na comunidade, proposta pelo Instituto. A ideia é orientar as famílias e jovens dessas comunidades, para que estejam atentos aos pequenos sinais e saibam como buscar ajuda especializada.

A ação está vinculada ao Projeto Comunidade Viva, projeto de assistência comunitária que o Instituto mantém na comunidade, com atendimento de saúde e bem-estar e assistência social.

 “Buscamos orientar e acolher as famílias, que vivem em vulnerabilidade social, de modo a fortalecer o diálogo e ajuda-las com atendimento psicossocial básico, visto que os casos de suicídio têm aumentado significativamente com a pandemia, em decorrência do confinamento social, incertezas e desemprego, fatores que afetam a saúde mental, principalmente, das famílias mais necessitadas”, explica Hellayne Viana, Coordenadora do Setor de Serviço Social do Instituto Compartilha e do Projeto Comunidade Viva.

Na programação, rodas de conversa e visita domiciliar com orientações sobre a prevenção ao suicídio, além de atendimento psicossocial com equipe multidisciplinar (psicólogo, terapeuta ocupacional, enfermeira, nutricionista e assistente social) atende às famílias em casa.

Sobre o Instituto Compartilha SAMEAC

O Instituto Compartilha – Sameac, com sede em Fortaleza, é uma instituição sem fins lucrativos, cuja missão é desenvolver soluções em saúde pública e ações para o fortalecimento das organizações da Sociedade Civil (OSC). Desde 1955, presta serviços exclusivos em saúde pública no Brasil. Ao longo de mais de 60 anos, realizou a gestão do Hospital Universitário Walter Cantídio e da Maternidade Escola Assis Chateaubriand (MEAC). Hoje, o Instituto atua em parceria com prefeituras, empresas e outras instituições na área de saúde e Terceiro Setor.

Imagem padrão
NCTDS
Artigos: 474

Deixar uma resposta