Secult divulga programação online no Carnaval

Secult divulga programação online no Carnaval

Fique em casa e sem aglomerar: Rede de Equipamentos da Secult Ceará celebra Carnaval em programação online 

O objetivo é ficar em casa e sem aglomeração. Sem feriado, o Carnaval no Ceará será dia útil. Respeitando todos os protocolos de segurança, garantindo o isolamento social, a Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult CE) divulga sua programação online de Carnaval, o objetivo é levar cultura e arte para os cearenses em isolamento social. A Rede de Equipamentos Culturais do Estado traz ações bem diversificadas para o público, com ações virtuais e totalmente gratuitas, confira no site secult.ce.gov.br

Mesmo sem os tradicionais festejos de rua, a política de fomento ao Ciclo Carnavalesco seguiu, auxiliando dezenas de artistas e trabalhadores da cultura atingidos pelo isolamento social. No âmbito da Lei Aldir Blanc, foram selecionados 37 projetos de grupos do Ciclo Carnavalesco, sendo 25 no Edital de Patrimônio Cultural, 2 no Edital Arte Livre, 2 no Edital de Cidadania Cultural e Diversidade e 8 no Edital Territórios Culturais e Tradicionais, contemplando Maracatus, Afoxés, Escolas de Samba, Blocos etc. Um investimento total de R$ 410 mil. 

Confira programação da Rede de Equipamentos da Secult Ceará:  

Dragão do Mar

FOTO: Luiz Alves

12 de fevereiro 

Convocatória Arte em Rede / Música 

Instrumental Pingo de Fortaleza

O Espetáculo “Instrumental Pingo de Fortaleza”, apresenta de forma inédita o cantor, compositor e músico Pingo de Fortaleza interpretando ao violão 8 composições de sua autoria. Com uma técnica própria e  apurada, que mescla o violão medieval e renascentista (melodias pontuadas com apoio no baixo) com a sonoridade e os ritmos contemporâneos  nordestinos e de outras essências, Pingo de Fortaleza nesse instrumental  demonstra toda sua capacidade de compositor e músico  retirando do violão  um som puro, limpo, cheio de nuanças e muito particular. Em “Instrumental Pingo de Fortaleza” o artista interpreta 8 composições de sua autoria: Belo Monte (tema de inspiração barroca e circular), Caminho de Luz (tema com forte conteúdo melódico e  execução harmônica ), Estrada Real (canção com vários temas que vão do clássico aos arpejos do movimento armorial até o sotaque dos violeiros caatigueiros do nordeste), Amanheceu o Beberibe (tema com leve toque ibérico), Cantares Instrumental (canção com características medievais que posteriormente ganhou letra de Fernando Neri), Natureza do Amor Instrumental (tema romântico que em sua versão cantada recebeu letra de Henrique Beltrão), Olhos de Marfim (tema que remete aos  clássicos da MPB e que recebeu letra de Alan Mendonça)  e por fim Baião de Cordas (canção modal inspirada nos ritmos nordestinos e  executada com a utilização do baixo como pedal  rítmico). Esse inédito “Instrumental Pingo de Fortaleza”  foi gravado e editado pelo artista nesse tempos de “distanciamento Social” em sua residência, nos dias 01 e 02 de junho, em Fortaleza, Ceará-Brasil.

Dia 12, às 19h, no Youtube. 30min. Livre

13 de fevereiro 

Convocatória Arte em Rede / Teatro 

Ogroleto em casa

Grupo Pavilhão da Magnólia

É uma proposta de exibir uma versão adaptada do espetáculo Ogroleto. A versão feita em casa durante a pandemia/isolamento social,fez com que o grupo recorresse a pesquisar elementos técnicos das ferramentas on-line para recriar o universo do espetáculo, onde a ludicidade e aproximação com público (agora, virtual) era nossa busca no formato live/ao vivo.  A escolha pelo formato de live se dá para trazer um pouco da efemeridade que o teatro tem nessa experiência vivida na relação ator-espectador durante os 40 minutos de transmissão/vivência.

Um menino se percebe muito diferente das demais crianças e lidar com essa diferença, para ser aceito, parece não ser fácil. Nessa árdua tarefa da aceitação, ele conta com a ajuda da sua mãe. Essa é a premissa da obra Ogroleto de Suzanne Lebeau, que dialoga com questões contemporâneas do mundo das crianças e adultos possibilitando novas discussões acerca da cultura da infância, sua subjetividade, estética e poética. Tratando de temas muito presentes na infância, como: medos, dúvidas e diferenças.

A versão do Grupo Pavilhão da Magnólia de Ogroleto, com direção de Miguel Vellinho estreou em 2015 e já realizou 90 apresentações em 25 cidades do país, em 04 regiões brasileiras.

Ficha Técnica:

Elenco, adaptação e caracterização: Silvianne Lima e Nelson Albuquerque

Músico: Eliel Carvalho

Sonoplastia: Airton Bob Pessoa

Texto original: Suzane Lebeau

Tradução: Jorge Bastos

Direção: Miguel Vellinho

Produção: Som e Fúria Produções

Realização: Grupo Pavilhão da Magnólia

Dia 13, às 17h, no Youtube. 40min. Livre

16 de fevereiro 

Na Rede com Dragão apresenta Orquestra Popular do Nordeste  em “Noite dos Mascarados” no Teatro Dragão do Mar

Este ano, o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura propõe um carnaval diferente. No dia 16 de fevereiro,  a Orquestra Popular do Nordeste apresenta um concerto on-line e convida o interpetre Marcelo Di Holanda, com interpretações especiais de clássicos da maior festa popular do Brasil, o Carnaval. Respeitando os decretos sanitários e a memória afetiva do calendário brasileiro, o espetáculo trouxe uma forma de celebrar a data dentro de casa com o show gravado no Teatro Dragão, sem plateia.

O espetáculo, que será exibido às 19h, no canal do Youtube do Dragão do Mar, resgata a memória de épocas diversas do nosso carnaval, proporcionando uma noite de emoção e encantamento com interpretações afetivas do repertório apresentado. Aquelas que a gente não passa um fevereiro sem cantar, não tem jeito.

No Teatro Dragão do Mar, a Noite dos Mascarados canta um carnaval ‘sentido’, mas com a nostalgia e alegria de todo fevereiro. Atravessando as lembranças e a imaginação do público que assiste um concerto todo estruturado para nosso momento.

Ficha técnica:

Marcelo di Holanda: Intérprete e violão 

Pedro Madeira: direção musical, guitarra baiana, bandolim 

Michael Rodriguez: Bateria

Pedro Façanha: Contrabaixo

Mateus Farias: Flauta/sax

Felipe Giffoni: Trombone

Andreia Pires: Direção de Arte

Douglas Salvador: Direção Técnica

Ciel Carvalho: Iluminação

Serviço: Na Rede Com Dragão apresenta Orquestra Popular do Nordeste em “Noite de Mascarados”

Dia 16, às 19h, no Youtube. 42min07. Livre

Cineteatro São Luiz

FOTO: Camila de Almeida

Dia 12/02 (sexta)

Online

19h [Dentro Do Som] Vida Primavera – Khallil Goch

➜ Onde: no site https://www.cineteatrosaoluiz.com.br/dentrodosom e canal no YouTube do Cineteatro http://youtube.com/c/CineteatroSãoLuizFortaleza  

Classificação: Livre | Duração: 50 minutos

Release: Com melodias que passeiam entre a melancolia e a esperança, Khalil Goch tem se destacado na cena musical. Seu terceiro clipe esteve nos canais Multishow e Canal Bis. “Vida Primavera” traz a mensagem por dias melhores e é seu novo show. Gravado na íntegra no palco principal do Cineteatro São Luiz, integra a faixa de programação Dentro do Som e estreia no dia 12 de fevereiro, às 19h.

Neste show, o artista apresenta canções dos seus dois álbuns de estúdio e alguns singles. Khalil Goch é cantor e compositor da Nova MPB que vem lançando seus trabalhos nas plataformas digitais desde 2017.

21h [Cinema] Doc.Teatro: Mulheres, Cena e Memória

➜ Onde: no canal no YouTube do Cineteatro http://youtube.com/c/CineteatroSãoLuizFortaleza  

Doc.Teatro: Mulheres, Cena e Memória é um documentário em formato de média-metragem sobre narrativas de mulheres que fazem parte ativamente da história do Teatro na cidade de Fortaleza: Herê Aquino (Diretora Teatral), Kelly Enne Saldanha (Atriz e Produtora cultural), Hiramisa Serra (Atriz) e Marta Aurélia (Atriz e Cantora). Esta obra cinematográfica foi realizada pelas artistas e pesquisadoras, Edla Maia e Juliana Tavares, ambas da Coletiva Antonietas, mulheres cearenses e feministas, que inquietadas com discussões sobre a invisibilidade de mulheres nos documentos, livros e pesquisas históricas teatrais, resolveram desenvolver este trabalho.

Este projeto foi fomentado com recursos da Lei Aldir Blanc por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (SECULTFOR)

Dia 17/02 (quarta)

Online

19h [Curta Mais Teatro] Capitu conta Capitu – Desmontagem, com Ana Cristina Viana

Classificação Indicativa: Livre | Duração: 30 min

➜ Onde: no site https://www.cineteatrosaoluiz.com.br/curtamaisteatro e canal no YouTube do Cineteatro http://youtube.com/c/CineteatroSãoLuizFortaleza  

A desmontagem do espetáculo “Capitu Capitu” é um vídeo espetáculo onde as cenas da peça montada em 2009 são intercaladas por falas da própria equipe. Nesse processo, o público irá presenciar o desmembramento na construção de um espetáculo solo. A estreia, que conta com depoimentos da atriz Ana Cristina Viana, ocorre no dia 17 de fevereiro, às 19h, através do site e canal de YouTube do Cineteatro São Luiz.

“Capitu Conta Capitu – Desmontagem” tem cenas do espetáculo intercaladas pela fala da própria atriz, como já citado, mas também da diretora Ana Marlene, da adaptadora Ceronha Pontes e do preparador corporal Brino Correia. 

O processo na composição da personagem e escolha do texto é desvelado, permeado pelas cenas e trilha sonora do espetáculo em sua origem. Forma-se uma colcha de retalho costurada pelas memórias de Capitu, da atriz, da equipe técnica e das imagens armazenadas.

O espetáculo

Em Capitu conta Capitu, a personagem de Dom Casmurro é protagonista; a personagem se apresenta em três momentos superpostos: infância, idade adulta e velhice. Entretanto, não há espaço nem tempo definidos. Regidas pelo desfiar da memória, as temporalidades se cruzam. O mistério, se ela traiu ou não, é finalmente desfeito 119 anos depois – pela própria voz de Capitu.

É nesse contexto que entra a proeza da jornalista cearense Adísia Sá que ousou, pela primeira vez, oferecer a Capitu o direito de falar por si, na primeira pessoa, responsável e capaz de defender-se das acusações que a fizeram culpada por décadas.

Ficha Técnica

Autora:  Adísia Sá

Adaptação Teatral: Ceronha Pontes

Atriz: Ana Cristina Viana

Direção: Ana Marlene

Preparação Corporal: Brino Correia

Assistente de Produção: Calanta Viana

Iluminação: Herê Aquino

Theatro José de Alencar 

Créditos: Felipe Abud

TJA discute o Ciclo Carnavalesco

Programação Virtual 

No mês de fevereiro, o Theatro José de Alencar fará uma programação virtual com lives e encontros sobre assuntos relacionados ao ciclo carnavalesco. A programação virtual busca discutir e relembrar as manifestações populares do Ciclo Carnavalesco, como maracatus, blocos de rua, músicas, entre outras atividades. 

17/02/2021, quarta: Theatro de Portas Abertas

19h: Transmissão da nomeação do palco “Elzenir Colares” com perfomance do Mestre Rainha

Em mais uma edição do “Theatro de Portas Abertas”, o Theatro José de Alencar presta uma singela homenagem à Elzenir Colares, professora, pesquisadora e artista, considerada a “dama do folclore cearense”. A partir do dia 17/02 o palco do jardim do TJA será batizado com o nome da folclorista cearense.    

Local: Youtube do Theatro José de Alencar 

20h: Live “Memórias de Carnaval” com Deidiane Piaf

Nessa live, Deidiane Piaf, personagem do ator e comediante Dênis Lacerda, vai interagir com o público do Theatro José de Alencar, exibindo fotos e relembrando memórias divertidas de carnaval.  

Local: Instagram do Theatro José de Alencar  

23/02/2021, terça

19h30: “Memórias do carnaval de rua de Fortaleza”, bate-papo on line com a socióloga Danielle Cruz e o comunicador Dilson Pinheiro, com mediação do jornalista Nelson Augusto.

Bate-papo sobre as memórias e movimentos dos blocos de rua de Fortaleza, com Danielle Maia Cruz, Pós- doutoranda em Avaliação de Políticas Públicas, Mestre e Doutora em Sociologia pela UFC, e Dilson Pinheiro, comunicador, produtor e empresário da área musical com mais de 40 anos de experiência. A mediação será feita pelo jornalista e radialista brasileiro Nelson Augusto.  

Local: Instagram do Theatro José de Alencar   

24/02/2021, quarta

19h30: “Memórias do Maracatu”, bate-papo on line com os músicos e compositores Pingo de Fortaleza e Calé Alencar, com mediação do jornalista Nelson Augusto.

Bate-papo sobre as memórias e movimentos dos Maracatus do Ceará, com Pingo de Fortaleza, cantor, compositor, poeta, pesquisador e músico e com Calé Alencar, Cantor, compositor, produtor musical e músico, com a mediação do jornalista Nelson Augusto. 

Local: Instagram do Theatro José de Alencar    

27/02/2021, sábado

19h30: “Fausto Nilo e as memórias do carnaval”, bate-papo on line com Fausto Nilo e mediação do jornalista Nelson Augusto.

Bate-papo sobre músicas e memórias de carnaval de Fausto Nilo, compositor, arquiteto e poeta brasileiro. Fausto Nilo é considerado um dos compositores mais exitosos do país, com cerca de 400 sucessos interpretados por inúmeros artistas de peso. O bate-papo será mediado pelo jornalista e radialista brasileiro Nelson Augusto, profundo conhecedor e entusiasta da música cearense.

Centro Cultural Bom Jardim

Bem-vindo Fevereiro de alegria e esperança!!! Um dos meses mais esperados do ano iniciou com boas novas: a chegada da vacina em nosso Estado. O cronograma de vacinação está no início, sendo aplicado ao público prioritário e enche o povo cearense de esperança em dias melhores, diante do contexto de combate à Covid-19. Ainda, em reforço às medidas de prevenção, o Governo do Estado do Ceará também teve a iniciativa, prudente e sensata, em cancelar os festejos de carnaval. Os últimos decretos publicados, implicam em normativas mais restritivas, com intuito de evitar as aglomerações de carnaval. 

O Centro Cultural Bom Jardim (CCBJ), equipamento da Secretaria de Cultura do Governo do Estado do Ceará (SECULT), gerido pelo Instituto Dragão do Mar (IDM), segue os decretos governamentais, bem como as normas de biossegurança para as atividades presenciais. Nesse sentido, as atividades e ações carnavalescas seguem acontecendo on-line, na programação semanal. Em alusão ao carnaval, o CCBJ tem a estreia Cultura Popular no CCBJ apresenta Maracatu Nação Bom Jardim com o desfile virtual dos seus cinco anos de atividades, no Youtube CCBJ, 13/02 (sábado), mais a estreia do NArTE em Pauta, nas redes sociais, com Dicas Como Fazer Fantasia de Papelão. Na sexta, 12/02 o Sombrinha Literária com o programa Sexta Multi traz nas redes sociais curiosidades do maracatu cearense e a estreia Monte sua Máscara de Carnaval.  Lembrando, que o momento é de cuidados redobrados, a Covid-19 ainda continua fazendo vítimas e os números de contágio e óbito é uma realidade alarmante. Se puder, fique em casa, evite aglomerações, principalmente no período carnavalesco e aproveite para curtir a programação especial de carnaval CCBJ, além de toda a programação semanal.

PROGRAMAÇÃO CCBJ ESPECIAL CARNAVAL

12/02 (ESTREIA NAS REDES SOCIAIS) SEXTA MULTI: Curiosidades do Maracatu Cearense 

12/02 (ESTREIA NAS REDES SOCIAIS)

NARTE EM PAUTA: Monte sua Máscara de Carnaval 

13/02 – (ESTREIA NO YOUTUBE) CULTURA POPULAR NO CCBJ: Programa especial de carnaval “Comemoração do aniversário de 5 anos do Maracatu Nação Bom Jardim”, no YouTube CCBJ.

13/02 – (ESTREIA NO YOUTUBE) NArTE EM PAUTA: Carnaval de Papelão, com Deyse Mara, no YouTube CCBJ.

Porto Dragão

O sábado de Carnaval vai trazer a edição DENDICASA da já conhecida festa Viva La Pachanga! Em formato online, das 16h30 às 19h30, vai ter muita dança para animar a folia dentro de casa.

Afastem os móveis, alonguem os quadris e hidratem-se! Salsa, lambada, carimbó, bachata, merengue, cumbia, chicha, zouk, reggaeton e muito mais espera vocês na companhia da DJ Priscilla Delgado e DJ Canuto Lion, além dos bailarinos Izabel Sousa e Diogenes Almeida.

Online e ao vivo no Youtube do Porto Dragão!

AGENDE-SE

13 de fevereiro, sábado, 16h30 às 19h30

Youtube.com/PortoDragao

Leave a comment

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *