Padre Patrick e Ana Kfouri são atrações do Circuito Cearense de Teatro

Compartilhe nas redes

Padre Patrick faz apresentação no dia 9 de julho, enquanto Ana Kfouri ministra sua oficina dias 9 e 10

O Circuito Cearense de Teatro, idealizado pela Procult e com apoio da ENEL, segue trazendo grandes eventos para o Estado. E para a abertura das férias, chega a Fortaleza o show “Fora da Caixinha”, protagonizado por Padre Patrick, dia 9 de julho, às 21h, no Theatro Via Sul, e a oficina da diretora teatral, atriz, pesquisadora e roteirista Ana Kfouri, “A palavra como campo de força”, dias 9 e 10 de julho, no Teatro São José.

Fora da Caixinha

Padre Patrick viu sua vida atrair holofotes aos 34 anos, quando meteoricamente ganhou visibilidade nacional, após oito anos dedicados ao sacerdócio. Se tornou um fenômeno nas redes sociais, onde leva diariamente mensagens de fé, de forma bem-humorada e uma inusitada interatividade que chama atenção do público.

Durante os cinco meses de missas suspensas, devido a pandemia, despretensiosamente encontrou uma aliada na missão de disseminar a fé: a Internet! Em suas redes sociais, começou a gravar vídeos e abriu um canal para escutar os fiéis.  De forma meteórica, essa interatividade tomou outra proporção, ao se deparar com a ligeira crescente no número de seguidores, de diversas religiões. Nas famosas “caixinhas de perguntas”, realizadas todas às segundas-feiras, dá conselhos de forma leve e bem-humorada, responde com uma linguagem popular, curiosas perguntas feitas por seguidores.

Padre Patrick leva ao público reflexões sobre a verdadeira felicidade e conta, de forma leve e descontraída, assuntos ligados ao relacionamento das pessoas com Deus. Mas além disso, ele traz também seu bom humor tão conhecido em suas redes sociais para os palcos. Se prepare para as respostas humoradas e para participar de um evento “fora da caixinha”

A palavra como campo de força

Praticar e compreender a palavra como um campo de forças afetivo, ético, estético e político. Essa a proposta da oficina de Ana Kfouri, destinada a grupos de teatros locais, onde se busca alinhar pensamento e prática e compreender tanto a palavra quanto o corpo como campos de forças em tensão e em relação. Trabalhar/pensar a palavra liberta do peso do sentido já dado, ou seja, do significado estabelecido a priori.

O objetivo desviar-se de um entendimento da palavra que visa a uma mensagem e do corpo trabalhado como um instrumento de expressão. E, desta forma, trabalhar palavra e corpo para além de uma conduta psicológica, conectados a um campo intensivo, no qual prevalece a intensidade e não a intenção, o acaso no lugar de encadeamentos causais e evolutivos, o ritmo, a oralidade, a sonoridade e os significantes em vez de um fechamento de sentidos.

Pensar o corpo como potência insubmissa às ideias, como força de resistência a qualquer outro poder que pretenda subestimá-lo ou controlá-lo. Pensar e tomar a palavra como atitude e comprometimento ético e afetivo. Textos de Marcelino Freire serão trabalhados/experimentados.

Sobre o Circuito Cearense de Teatro

Com o objetivo de inserir o Ceará na rota dos grandes eventos culturais, o Circuito Cearense de Teatro, idealizado pela Procult, pretende levar para o público da capital e do interior espetáculos de relevância nacional e dialogar com as mais diversas frentes das territorialidades culturais.

O projeto busca quebrar noções sociais e hierárquicas sobre o papel do teatro, potencializar a noção de pertencimento, fortalecer o setor cultural como eixo de desenvolvimento social e econômico do estado, fomentar o intercâmbio cultural brasileiro, além de colaborar com o fortalecimento do circuito e calendário cultural do Estado, utilizando a arte e ações socioculturais como expoentes agregadores da sociedade civil.

Serviço:

PADRE PATRICK – FORA DA CAIXINHA

Local: Theatro Via Sul Fortaleza

Dia: 9 de julho (sábado)

Horário: 21h

Ingressos: R$100/R$50

Vendas: Bilheteria do teatro e no site do Ingresso Digital

ANA KFOURI – A PALAVRA COMO CAMPO DE FORÇA

Local: Teatro São José

Dias: 9 e 10 de julho

Horário: 16h às 21h (sábado); 9h às 16h (domingo)

Inscrições: Gratuitas

Número de vagas: 30

Compartilhe nas redes

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.